Artigos científicos sobre a maconha; conheça alguns

A produção científica – em especial, os artigos científicos sobre a maconha, seus efeitos e impactos no corpo humano e na sociedade – são extremamente relevantes para desmistificar a droga como algo desconhecido e misterioso.

Em tempos nos quais a tendência é a descriminalização ou legalização da maconha de maneira geral, é assustadora a quantidade de informações disseminadas de maneira incorreta, distorcida ou adaptada para a defesa de alguma ideologia específica da pessoa que escreve ou realiza a pesquisa.

Leia tambémUso medicinal da maconha: principais aplicações e efeitos

O número de pesquisas com viés puramente científicos cresce, mas ainda é pequeno para lidar com a quantidade de artigos científicos sobre a maconha que buscam dados que comprovem a posição ideológica do pesquisador.

Por isso, separamos alguns artigos científicos sobre a maconha, assim como grupos de estudos com propostas respeitáveis, que garantam informação de qualidade e livre da opinião de seus autores. Confira:

Foto: Pixabay/CCBY

Foto: Pixabay/CCBY

Maconhabras – UNIFESP

O médico Elisaldo Carlini é um conhecido médico e pesquisador brasileiro, especialmente na área de produção científica sobre drogas e seus efeitos. É o diretor do Centro Brasileiro de Informações Sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID) da UNIFESP e é o fundador de um grupo de pesquisa mais voltado para a produção de artigos científicos sobre a maconha: o Maconhabras.

Segundo o pesquisador, a principal tarefa do grupo é promover pesquisas científicas que afastem-se de ideologias, utilização, crenças pessoais ou à moralidade pré-concebida, focando-se especialmente em resultados obtidos e informações cientificamente confiáveis.

O próprio CEBRID é reponsável pela publicação de mais de 44 artigos sobre drogas psicotrópicas, mais de 80 artigos sobre plantas medicinais e pela defesa de diversas teses a respeito do pensamento de drogas.

Por isso, sempre que precisar recorrer a um centro de estudos sério sobre maconha, pode ir diretamente às publicações da Maconhabras, ou ao CEBRID, para uma variabilidade mais ampla em relação ao objeto de estudo.

Efeitos cerebrais da maconha

“Efeitos cerebrais da maconha – resultados dos estudos de neuroimagem” é um artigo escrito à 12 mãos, por José Alexandre Crippa, Acioly Lacerda, Edson Amaro, Geraldo Busatto Filho, Antonio Waldo Zuardi e Rodrigo Bressan.

É um dos artigos científicos sobre a maconha que busca efetivamente realizar um trabalho de pesquisa séria a respeito de suas consequências a longo prazo sobre o usuário. Sua própria proposta é suprir esta falta de estudos na área.

O método é utilizar técnicas de neuroimagens em bancos de dados entre 1966 e 2004, apresentando um estudo conciso e claramente bem ponderado. O estudo não busca realizar grandes afirmações polêmicas, mas simplesmente interpretar os resultados encontrados e é primoroso ao fazer isso. Vale a pena conferir!

Para quem fala inglês

Quem tem facilidade com a língua inglesa pode recorrer à revista eletrônica Live Science e ao compilado de estudos de outubro de 2014 “Marijuana and Your Health: What 20 Years of Research Reveals”.

Escrito por Agata Boxe, o artigo apresenta um compilado de estudos científicos sobre a utilização da maconha e oferece um resumo de suas conclusões à medida que os explica. Por isso, serve tanto como uma fonte de informação de qualidade rápida, como um ponto de partida para encontrar artigos científicos sobre a maconha, através dos estudos indicados dentro deste próprio artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *